CIBERESFERA

Weblog written in portuguese and sometimes in english.
| audiences | digital inclusion and active ageing | social networks, participation and social media | media and digital literacy
| audiências | inclusão digital e envelhecimento ativo | redes sociais, participação e media sociais | literacia mediática e digital

YECREA Pre-conference – ECREA 2018

Three Young Scholar Workshops: Methods, Writing and Activism

(Website)

— NB! All three workshops are free of charge thanks to funding from ECREA. —

The Young Scholars Network of ECREA (YECREA) is happy to invite students and early-career scholars to a full day of workshops in connection to the 7th European Communication Conference (ECC) in Lugano, Switzerland.

Date: 31 October 2018, 9.30 – 17.00.
Submission deadline for abstracts: June 15, 2018
Number of participants: 8-10 for each workshop.
Fee: Free of charge

The pre-conference consists of three workshops, covering different theoretical, methodological and practical tasks and challenges for young researchers. Applicants can apply to all three panels or just a single panel, if they wish to.

The aim is to provide a forum of knowledge exchange between young researchers where they can present their work, receive feedback from senior scholars and take part in discussions.

1) Workshop on Methodological Challenges: Opportunities and Challenges of Action Research
31 October 2018, 9.30 – 11.30

This workshop is designed for young scholars who are either working with digital activists or seeking to do so in the near future. Through feedback sessions and roundtable debates, the workshop aims at equipping young scholars with both knowledge and support for their research projects.

Senior facilitators: Jule Uldam (Roskilde University) and Tina Askanius (Malmö University)

2) Workshop on Academic Writing: Writing Academic Publications Based on Your Research
31 October 2018, 12.30 – 14.30

This workshop is organised to be a communication platform that provides early career scholars with support and ideas for publication writing.

Senior facilitators: Prof Pille Pruulmann-Vengerfeldt (Malmö University) and Alessandro Nanì (Tallinn University).

3) Workshop on Digital Methods: Researching Digital Media Environments
31 October 2018, 15.00 – 17.00

New digital media platforms offer new ways of undertaking research in media and communication studies. But as the means through which data are being collected, they also need to be inquired for the ways in which they are making data accessible. This workshop session intends to give an overview of digital methods and critically investigates their
potentials.

Senior facilitators: Andreas Hepp (ZeMKI, University of Bremen) and Cornelius Puschmann (Hans Bredow Institute for Media Research and Alexander von Humboldt Institute for Internet and Society)

How to apply
Submissions should be sent to yecreapreconf@gmail.com with the following information:

Subject line:
Application for workshop 1, 2 and/or 3
In Email:
Name, Position, Affiliation, Research stage (e.g. Year/phd/postdoc), Research topic and progress (short description of research topic and stage, e.g. initital design, data collection or analysis).
Attached:
For workshop 1: 300 word abstract on activist-research collaboration (e.g. research design, methodological challenges or findings).
For workshop 2: 400 word abstract on the difficulties academic scholars face while writing publications + three questions for the speakers related to the topic.
For workshop 3: 500 word abstract of the research project (theoretical framework, methodological approach, data collection – if applicable)

Schedule
Deadline for submissions: 15 June 2018
Notification of Acceptance: 15 July 2018

Registration
All three workshops are free of charge.
This includes coffee (in workshop 1 and 3) and lunch (workshop 2)

Organizers
Johan Farkas (Malmö University) – Workshop 1
Anna Zsubori (University of Leicester) – Workshop 2
Inês Amaral (University of Minho) – Workshop 3

If you have any questions, please contact yecreapreconf@gmail.com

 


WCQR2018 | 3rd World Conference on Qualitative Research


RedMIL 2018 doctoral summer school – Research on Digital/Media/Information Literacy

RedMIL 2018 doctoral summer school – Research on Digital/Media/Information Literacy
UCLouvain, Belgium – September 11th-14th, 2018

The RedMIL 2018 doctoral summer school aims at contributing to the convergence between digital, media and information literacy research by bringing together researchers from all three communities, to foster the scientific debate and explore connections between them.

The summer school is an international training program that will alternate between framing presentations by senior researchers and the in-depth discussion of emerging research by participating PhD students.

The theme of the 2018 edition is: “Literacies as culture, practices, or competences”. Participants will be invited to question the way they define digital/media/information literacy in terms of culture, practices, or competences, what it entails in terms of methods for their research, and how it shapes the usefulness of their research and how and where they can valorize its outputs.

The Summer School will include six half-day workshops on the following topics:
theoretical frameworks in the study of digital, media and information literacies (one workshop);
epistemological issues in new literacies research (one workshop);
methods for observing, documenting, and assessing literacies and their associated educational practices and policies (three workshops);
designing research with social relevance and valorizing research results in society (one workshop).
Participating PhD students will have the opportunity to present their work in two workshops, on two different topics.

Confirmed speakers:
Maria José Brites, Lusófona University of Porto, Portugal
Sirkku Kotilainen, University of Tampere, Finland
Normand Landry, TELUQ (Université du Québec), Canada
Olivier Le Deuff, Université Bordeaux Montaigne, France
Annemaree Lloyd, University of Böras, Sweden
John Potter, University College London, United Kingdom
Leo Van Audenhove, Vrije Universiteit Brussel, Belgium
PhD students wishing to present and discuss their doctoral research at the summer school are invited to submit an application no later than June 1st, 2018.

The Summer School will also allow for numerous informal interactions (including a networking dinner) between experts, researchers and PhD students.


MASTERCLASS MULTIMÉDIA: MÉTODOS DIGITAIS

O ISMT recebe a MasterClass “Métodos Digitais”. A oradora convidada é Janna Omena, investigadora do iNova Media Lab da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

A Licenciatura em Multimédia do Instituto Superior Miguel Torga organiza, no 2º semestre do ano letivo 2017/2018, um conjunto de MasterClasses que pretendem funcionar como sessões abertas à comunidade académica e exterior à instituição. O objectivo é trazer ao ISMT profissionais de excelência em áreas fundamentais da Licenciatura num modelo mais prático de partilha de conhecimento.

Janna Joceli C. de Omena é doutoranda em media digitais na Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCSH), um curso que faz parte do programa UT Austin Portugal. É a coordenadora da SMART (Social Media Research Techniques) no iNOVA Media Lab. Desde 2013, Janna dedica-se a estudos de media sociais e à abordagem de métodos digitais. Os seus interesses de investigação estudos de software e plataformas, técnicas de media sociais e métodos digitais. O seu trabalho de investigação tem-se debruçado sobre a técnica inerente das plataformas de redes sociais e como isso facilita ou compromete a pesquisa digital.

A sessão decorre no dia 5 de abril, às 11h, na sala 2 do edifício da Rua Augusta. A entrada é livre.

 


Tecnologia: o teu futuro?

A comunidade Geek Girls Portugal é a primeira comunidade portuguesa de mulheres em tecnologia, criada em 2010. A sua missão foca-se no apoio, capacitação e progressão profissional de mulheres na área tecnológica. Acreditamos que ainda existe um longo percurso pela frente para desmistificar esta área junto das jovens, de modo a que possamos ver cada vez mais mulheres ligadas à tecnologia, vertente em que existe uma vasta oferta de empregabilidade. Em 2015, a taxa feminina de diplomadas no Ensino Superior em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) foi de 18.5%, correspondendo a apenas 956 mulheres (dados Pordata).

Nesse sentido, estamos a organizar um evento no dia 5 de maio de 2018, nas nas instalações do Media Innovation Labs da Universidade do Porto, para jovens estudantes do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos, no qual poderão assistir a apresentações – na primeira pessoa – sobre profissões na área das tecnologias, esclarecer dúvidas e participar em workshops, para que as nossas jovens possam fazer uma escolha esclarecida e fundamentada para o seu futuro profissional. Os Encarregados de Educação são convidados a acompanhar as suas educandas e a participar na 1ª parte do evento para também ficarem a conhecer melhor esta área das TIC e a sua vasta oferta de saídas profissionais.

O evento tem o Alto Patrocínio da Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade e conta com o apoio de várias empresas do setor tecnológico fortemente implantadas na região Norte, como a Critical Manufacturing, Eurotux, Elo Sistemas de Informação, BindTuning e Ubiquity. Conta ainda com o apoio da Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação (APDSI). A participação no evento é gratuita, mas está sujeita a candidatura até 15 de abril.
Mais informações sobre o âmbito do evento e candidaturas aqui.

Curso em Direitos Humanos, Literacia Mediática e Digital

“A capacidade de interpretar com rigor as mensagens dos media convencionais e as que circulam na esfera digital é um instrumento essencial de info-inclusão, de cidadania e de afirmação dos Direitos Humanos. A partir de uma abordagem multidisciplinar e com uma forte componente prática focada em áreas temáticas que cruzam Direitos Humanos essenciais, este curso pretende sensibilizar os participantes para o papel dos media e da esfera digital na modelação da sociedade, bem como explorar ferramentas e metodologias de análise dos seus conteúdos, a partir e com os Direitos Humanos.”

Início: 03/05/2018
Término: 17/05/2018
Limite de candidatura: 29/04/2018

Mais informações aqui.

 


Bolsas para a Nieman Foundation for Journalism 

Candidaturas até 31 de Outubro. Mais informações aqui.


Researching Contemporary Culture – Summer Workshops 2014

 

Applications until until 5th May 2014

Researching Contemporary Culture is a series of summer workshops for postgraduate and early career researchers. It takes place from the 14th to 16th July 2014 at the Institute of English Studies, Senate House London.

Researching Contemporary Culture aims to help researchers in the field address an array of issues that currently define the study of contemporary culture by offering workshops and presentations on: developing the impact of research through exhibition, curation, and the championing of particular artists’/directors’/authors’ work; producing research for open access publications; balancing public engagement and research needs; using online participatory culture as a research tool; conducting sustainable research with ephemeral data.

The event will bring together specialist workshop leaders, speakers, and librarians to address these challenges through a research skills development programme of participatory workshops and advice and guidance.

Researching Contemporary Culture has evolved out of the work of the Contemporary Fiction Seminar at the Institute of English Studies, and will offer a sustainable research skills enrichment programme appropriate for the study of contemporary culture in the arts and humanities disciplines of the twenty-first century.

Speakers include: Caroline Bassett, Clare Birchall, Kieran Connell, Jeremy Gilbert, Gary Hall, Matt Hills, Roger Luckhurst, Holly Pester, Ernesto Priego, Agnes Woolley. The three workshop themes are: Public Practices, Archiving Now, and Interpretive Communities.

Researching Contemporary Culture is supported by an AHRC Collaborative Skills Award; with additional support from the University of Birmingham, Birkbeck, University of London, and the Institute of English Studies, University of London; it is organised by Dr Zara Dinnen (University of Birmingham) and Dr Tony Venezia (Birkbeck, University of London), conveners of the Contemporary Fiction Seminar.

Further information and details of how to apply are available at the
website: researchingthecontemporary.net


#PGGD18 – 18º Portugal Girl Geek Dinner – Coimbra

Portugal Girl Geek Dinners vai celebrar o seu 3º Aniversário no dia 2 de Março com eventos simultâneos em CoimbraLeiria e Porto!

 

O evento de Coimbra vai decorrer no Instituto Superior Miguel Torga e tem a seguinte agenda:

10:30 – Registo / Snacks & Drinks

11:00 – Ana NevesKnowman

11:30 – Liliana JesusTake The Wind

12:00 – Ana Marta CarvalhoClube de Robótica da Universidade de Coimbra

12:45 – Brunch na Cafetaria do Museu da Ciência (Brunch livre com tudo incluído – 13 euros)

14:30 – Fim

 

Apoios:

ISMTGreenside
Verifica a agenda/inscrições de outros eventos:

– Porto

– Leiria

 

Sobre os Girl Geek Dinners…

Os Girl Geek Dinners nasceram em Londres há 8 anos. Este conceito reside em organizar eventos temáticos para mulheres apaixonadas por tecnologia, sejam elas, programadoras, investigadoras, empreendedoras, designers ou simplesmente interessadas por tópicos relacionados com tecnologia.

A ideia por detrás destes jantares é simples: num ambiente relaxado e informal proporcionar um ambiente para networking e ao mesmo tempo ouvir uma ou duas apresentações dedicadas a um tema tecnológico ou de negócio. Mais do que isso é também o espaço ideal para dar a conhecer o que se anda a fazer no mundo da tecnologia e new media em Portugal.

Website | Facebook | Twitter | hashtag oficial: #PGGD18


Escola de Verão SOPCOM 2012

O Grupo de Jovens Investigadores da SOPCOM organiza, de 9 a 13 de Julho, uma Escola de Verão subordinada ao tema “Metodologias de Investigação em Ciências da Comunicação”.

Escola de Verão SOPCOM 2012

A Escola de Verão da SOPCOM, subordinada ao tema «Metodologias de Investigação em Ciências da Comunicação», tem como objetivo pôr em contacto estudantes de graduação e de pós-graduação com investigadores de instituições de ensino superior. Através da abordagem teórico-prática das principais áreas de estudo das Ciências da Comunicação, esta escola pretende ser uma mais-valia no percurso de um jovem investigador, apresentando as ferramentas necessárias na consecução de uma investigação de sucesso.

[CONSULTAR O PROGRAMA DA ESCOLA DE VERÃO 2012]


PGGD em Coimbra

 

 

Os Girl Geek Dinners estão a chegar a Coimbra! 

É o primeiro encontro informal para apresentar o conceito dos PGGD e conhecer as Geek Girls de Coimbra!

Dia 24 de Maio às 18h30 no Pátio do Greenside (Rua das Parreiras).

 

[Evento no Facebook]


#twimbra

«Coimbra recebe no próximo sábado, 14, o novo encontro de twitters da cidade. A timeline passa para o offline e são já cerca de duas dezenas de inscritos confirmados no #twimbra.» Mais informações em http://twimbra.net/


II Encontro de Jovens Investigadores em Ciências da Comunicação

O II Encontro de Jovens Investigadores em Ciências da Comunicação vai decorrer no Porto, a 14 de Dezembro, na Universidade Fernando Pessoa, e vai ter por tema “Somar Conhecimento, Subtrair Dúvidas, Multiplicar Saber e Dividir Experiências”.

 


Agenda: Sunbelt XXXII

Sunbelt XXXII: The Annual Meeting of the International Network for Social
Network Analysis

Redondo Beach, California, March 12-18, 2012

Keynote Speaker: David Krackhardt, PhD

[More information can be found at http://www.insna.org]


WEB Trends: 10 cases made in Web 2.0

O mundo encolheu… e tornou-se imenso!
Imagens da apresentação do livro “Web Trends: 10 cases made in Web 2.0” e palestra “O mundo encolheu… e tornou-se imenso! :-)”, por Marlene Silva da Comunicarte. Evento realizado no dia 19 de Maio de 2011 no Instituto Superior Miguel Torga em Coimbra.

Recupero, a este propósito, o post que escrevi sobre o livro.

 

“WEB Trends: 10 cases made in Web 2.0? – algumas notas na óptica do leitor(a)

O livro “Web Trends – 10 cases made in web 2.0” da agência Comunicarte merece um particular destaque pela abordagem, ímpar em Portugal, que faz da temática.

De realçar efectivamente o mérito de se debruçarem de forma tão abrangente e, simultaneamente, tão incisiva sobre a dimensão Web 2.0, ou Web social, em sectores tão variados como marketing e publicidade, comunicação social, política, saúde ou religião. Merecem também grande destaque os casos portugueses apresentados, procurando mostrar o que se faz no país. Torna-se evidente que em Portugal a Web social existe e mostra marcas de vitalidade, como é possível constatar.

Este é um livro de tendências mas também um registo que partilha uma outra dimensão da rede, que é povoada por nativos digitais e imigrantes digitais, onde nasce uma linguagem emergente, se efectivam negócios e se comunica globalmente.

Este livro é ímpar por vários motivos:

> mostra a dimensão global da rede e o papel dos portugueses;

> reúne opiniões de especialistas, congregando académicos e profissionais de várias áreas;

> faz uma clara ponte entre a teoria e a prática;

> não cai na tentação de registar apenas o hype do momento: refere e mostra o papel de serviços e aplicações que entretanto desaparceram.

Na minha opinião de leitora, este livro é diferente pelo seu ângulo de abordagem, entendendo a dimensão social da Internet como um todo e procurando compreender contextos de acção, às escalas nacional e global, reunindo importantes testemunhos e destacando casos que, mais do que “made in Web 2.0, são “made in Portugal”.

Um aspecto ainda muito relevante de salientar deste livro é o facto de permitir compreender os novos contextos de acção em diferentes sectores numa era e que os paradigmas da comunicação e, consequentemente, sociais se estão a transformar. Vivemos o início da era dos “prosumers”, em que os consumidores têm a possibilidade de serem simultaneamente produtores. E este fenómeno tem vindo a alterar, substancialmente, os cenários de comunicação e de acção em diferentes áreas.

Finalmente há que destacar a organização dos conteúdos, o design atraente e apelativo, e a abordagem dinâmica sem qualquer tipo de pretensão a transformar o livro num registo de verdades absolutas. “Web Trends – 10 cases made in web 2.0” tem o mérito de partilhar ideias e registar tendências, assumindo-se como um excelente ponto de partida para pensar o futuro. Não havia, de facto, melhor maneira da Comunicarte celebrar os seus primeiros 10 anos.

[Declaração de interesses: a revisão científica do livro esteve a meu cargo.]




 template credits: scribblescratch.com