CIBERESFERA
Weblog written in portuguese and sometimes in english.
| about social networks, social media, web 2.0 and cyberjournalism
| sobre redes sociais, media sociais, web 2.0 e ciberjornalismo
| blogger: Ines Amaral

Formação em Jornalismo/Comunicação

A minha opinião sobre a formação académica em Jornalismo/Comunicação publicada no blog LabForm – projecto de Sandra Marinho e Pedro Coelho com o objectivo de “debater pontos de vista, experiências de ensino e ideias para novos formas de ensinar/aprender Jornalismo”.

A formação académica em Jornalismo/Comunicação é essencial para o exercício da profissão. A articulação entre uma formação teórica sólida combinada com a componente prática tem de ser a base para os futuros jornalistas. Naturalmente que o cruzamento com outras áreas do saber não deve ser esquecido. E as Ciências da Comunicação são, por excelência, um campo interdisciplinar que problematiza de forma integrada os desafios que se colocam ao Jornalismo. Numa era em que a instantaneidade e a mobilidade dominam uma cada vez mais complexa sociedade, é impossível pensar a formação do Jornalismo meramente técnica ou desgarrada do complexo universo da Comunicação.

É hoje utópico pensar o ensino do Jornalismo/Comunicação sem a tecnologia. Excluindo obviamente um determinismo tecnicista, não concebo o ensino do Jornalismo/Comunicação sem recurso às novas tecnologias de uma forma integrada, tanto no domínio prático como no teórico. A utilização da tecnologia não é apenas uma exigência do mercado. É uma exigência global que nos permite expandir o conhecimento e a técnica da sala de aula para a rede e vice-versa.

Assumindo que as fronteiras entre a produção e a recepção são cada vez mais ténues, a universidade serve para dar aos futuros jornalistas uma sólida base prática que permitirá o exercício da profissão. Mas não há prática sem teoria. É impossível que a prática não reflita as bases fundamentais do Jornalismo. A universidade é, por excelência, um espaço de conhecimento. E é na universidade que os futuros jornalistas devem refletir de forma interdisciplinar sobre a sua futura profissão e o seu vasto contexto.

Há (ainda) quem defenda que a formação de um jornalista deve passar por outras áreas do saber. Na minha perspetiva, uma especialização noutra área será sempre complementar a uma formação de base em Jornalismo/Comunicação. A “tarimba” é importante e será sempre importante. Mas não substitui a formação. Teremos sempre os argumentos de que “antes era de outra forma”. Sem dúvida que sim. Não existia formação em Comunicação e as redações foram a formação de muitos jornalistas que, felizmente, reconheceram a importância da universidade e são hoje professores.

Nos tempos da faculdade, um professor (e jornalista) dizia-nos muitas vezes que não se ensinava a fazer Jornalismo mas a pensar sobre o Jornalismo e como fazer Jornalismo. Não tenho nenhuma dúvida de que é esse é o papel da universidade. Fornecer ferramentas para uma formação sólida que permita a simulação da prática de forma reflectida e problematizada.

As exigências do mercado de trabalho implicam a integração da prática simulada na formação académica. A integração num mercado de trabalho competitivo implica que os futuros jornalistas sejam capazes de se adaptar a um sector que está em permanente mutação. A universidade tem de ser capaz de dar uma resposta objetiva a estas exigências através de unidades curriculares práticas que potenciem a aquisição de experiência e competências em ambiente de trabalho simulado. No entanto, e porque o contexto de formação assim o permite, os laboratórios devem promover uma prática reflexiva da teoria. A formação académica em Jornalismo/Comunicação deve combinar a formação prática avançada com uma reflexão aprofundada sobre processos, conteúdos e produtos jornalísticos.

A articulação entre a Academia e a profissão parecem-me um requisito da formação em Jornalismo/Comunicação. Esta ligação pode e deve acontecer pela integração de profissionais no corpo docente, desenvolvimento de atividades curriculares com meios de comunicação social, assim como pela promoção de estágios extracurriculares. Considero que os estágios curriculares devem ser repensados. A inserção no contexto profissional não pode ser feita apenas em três meses, pelo que me parece absolutamente essencial que a formação prática dos futuros jornalistas seja complementada neste período. O estágio não pode ser o primeiro contacto com a prática. De forma alguma. Neste sentido, julgo que o estágio curricular deve ser mais um passo na formação dos jornalistas, dando continuidade a uma formação sólida.

Inês Amaral


Data Visualization for All | Simple Book Production

Create interactive charts, maps, and simple web apps to tell stories about your data on the open web, with free and user-friendly guides to Google Fusion Tables, Tableau Public, Socrata, and GitHub Pages.

Source: epress.trincoll.edu

See on Scoop.itCyberjournalism, Media, Social Media


Revista de Ensino e Formação a Distância – chamada de trabalhos

A Revista de Ensino e Formação a Distância é uma publicação online bianual da Associação Portuguesa de Ensino e Formação a Distância. Numa perspectiva editorial interdisciplinar, o seu objetivo prioritário é a edição de trabalhos inéditos que incidam sobre o âmbito do Ensino e Formação a Distância e contribuam para o desenvolvimento do campo em Portugal.

CHAMADA DE TRABALHOS

A Revista de Ensino e Formação a Distância é uma publicação online bianual da Associação Portuguesa de Ensino e Formação a Distância. Numa perspectiva editorial interdisciplinar, o seu objetivo prioritário é a edição de trabalhos inéditos que incidam sobre o âmbito do Ensino e Formação a Distância e contribuam para o desenvolvimento do campo em Portugal.

A proposta da Revista de Ensino e Formação a Distância é propiciar a reflexão e a difusão de conhecimento na área do Ensino e Formação a Distância. Abordagens conceituais e metodológicas, revisões de literatura, investigações inéditas, estudos de caso e relatórios de projetos prioritariamente decorrentes de pesquisas e inéditas constituem o foco de conteúdo a publicar. A Revista de Ensino e Formação a Distância está também aberta à publicação de conteúdos multimédia e resenhas criticas sobre literatura científica e técnica e no campo do Ensino e Formação a Distância.

A Revista de Ensino e Formação a Distância rege-se pelo padrão de revisão double-blind review, garantindo o anonimato de revisores e autores durante todo o processo de revisão. Os critérios de publicação centram-se na inovação, produção de conhecimento, originalidade e contribuição para o desenvolvimento do campo do Ensino e Formação a Distância em Portugal. Pretende-se difundir um conjunto de instrumentos que apoiem a comunidade de Ensino e Formação à Distância em Portugal.

A Revista de Ensino e Formação a Distância pretende contribuir para uma integração do registo empírico e profissional com a investigação académica, visando a divulgação de trabalhos inéditos e a discussão de metodologias e ferramentas no campo do Ensino e Formação a Distância. A Revista de Ensino e Formação a Distância é interdisciplinar e, visando contribuir para a difusão do conhecimento no campo do Ensino e Formação a Distância, acolhe igualmente conteúdo multimédia.

A Revista de Ensino e Formação a Distância destina-se a investigadores, profissionais, professores e estudantes de várias áreas que se centrem no Ensino e Formação a Distância.

A Revista de Ensino e Formação a Distância convida a comunidade académica e profissional do campo do Ensino e Formação a Distância para a publicação no seu primeiro número de trabalhos inéditos sobre “Boas práticas em eLearning”. Este número da Revista de Ensino e Formação a Distância pretende incluir várias abordagens, metodologias, linhas de pesquisa, estudos de caso, relatórios técnicos, conteúdo multimédia e resenhas criticas que assumam uma pluralidade de métodos e um perfil interdisciplinar da proposta de equacionar “Boas práticas em eLearning”.

 

PRAZOS: [Actualizado]

Submissões de trabalhos: 30 . 06 . 2014
Notificação de Aceitação: 07 . 2014
Submissão de Revisões: 30 . 08 . 2014
Publicação: Setembro de 2014


Tech Girls: “Save The Internet / The Internet Saves”

2014 Google Personal Democracy Fellowship

“Google and Personal Democracy Media are teaming up to offer registration and travel fellowships for women working in civic technology to the 11th annual Personal Democracy Forum, June 5-6, 2014 at NYU’s Skirball Center.

This year’s theme is “Save the Internet | The Internet Saves,” focusing on the ways people can work together to keep the Internet open for free speech and association, and how the Internet itself helps make society and civic life more open, participatory, and innovative.

For the 2014 Google PDF Fellowship, we’re looking for 15 women who are working to keep the Internet open or working on ways the Internet makes democracy stronger, or both.

To apply, take a few minutes to fill out the application form by 12 noon EST on Thursday May 1, 2014 to tell us more about yourself and how you’re thinking bigger.

Fellowships cover the full registration costs and include a meal with Googlers during the conference and possible partial travel stipends. All applicants will receive notifications regarding decisions by May 9, 2014.”

Application form here

 


Researching Contemporary Culture – Summer Workshops 2014

 

Applications until until 5th May 2014

Researching Contemporary Culture is a series of summer workshops for postgraduate and early career researchers. It takes place from the 14th to 16th July 2014 at the Institute of English Studies, Senate House London.

Researching Contemporary Culture aims to help researchers in the field address an array of issues that currently define the study of contemporary culture by offering workshops and presentations on: developing the impact of research through exhibition, curation, and the championing of particular artists’/directors’/authors’ work; producing research for open access publications; balancing public engagement and research needs; using online participatory culture as a research tool; conducting sustainable research with ephemeral data.

The event will bring together specialist workshop leaders, speakers, and librarians to address these challenges through a research skills development programme of participatory workshops and advice and guidance.

Researching Contemporary Culture has evolved out of the work of the Contemporary Fiction Seminar at the Institute of English Studies, and will offer a sustainable research skills enrichment programme appropriate for the study of contemporary culture in the arts and humanities disciplines of the twenty-first century.

Speakers include: Caroline Bassett, Clare Birchall, Kieran Connell, Jeremy Gilbert, Gary Hall, Matt Hills, Roger Luckhurst, Holly Pester, Ernesto Priego, Agnes Woolley. The three workshop themes are: Public Practices, Archiving Now, and Interpretive Communities.

Researching Contemporary Culture is supported by an AHRC Collaborative Skills Award; with additional support from the University of Birmingham, Birkbeck, University of London, and the Institute of English Studies, University of London; it is organised by Dr Zara Dinnen (University of Birmingham) and Dr Tony Venezia (Birkbeck, University of London), conveners of the Contemporary Fiction Seminar.

Further information and details of how to apply are available at the
website: researchingthecontemporary.net


Liberdade: o papel das novas tecnologias

20140414-083717.jpg


Call for Papers: Revista “Comunicando”

Revista “Comunicando” nº3: chamada de artigos aberta até 1 de julho

Está aberta até ao próximo dia 1 de julho a chamada para artigos do número 3 da Revista Comunicando, que será subordinada ao tema “Os Desafios da Investigação em Ciências da Comunicação: Debates e Perspetivas de Futuro”. Editada pelo GT Jovens Investigadores da SOPCOM (Equipa Editorial: Fábio Ribeiro, Hélder Prior, Mafalda Oliveira e Renata de Freitas), esta edição destina-se a problematizar algumas das questões que podem ser colocadas ao futuro das Ciências da Comunicação e os eixos que vão orientar a reflexão e a investigação nestas áreas. A revista será publicada em Dezembro de 2014.

 

Mais informações aqui.


Call for Papers: International Journal of Marketing, Communication and New Media

IJMCNM – International Journal of Marketing, Communication and New Media

ISSN: 2182-9306

The next issue of International Journal of Marketing, Communication and New Media, will be published in June 2014 by U3IS (Research Unit and the Internationalization of the Institute of Douro and Vouga, Portugal).

The essays may use one the following languages: english, french, portuguese, and spanish.

The editorial team of International Journal of Marketing, Communication and New Media is seeking for original, previously unpublished and completed contributions.

Areas of interest:

1. Marketing;
2. Communication;
3. Advertising;
4. Public Relations;
5. Mew Media.

Deadline for submission (manuscript submission): until April, 22, 2014
Acceptance notification: May 30, 2014
Publication: June 30, 2014

For registration, online submission and other details, please visit our website:

IJMCNM


The Effects of Typography on User Experience & Conversions

See on Scoop.itInteraction Design & UX

“Typography is the detail and the presentation of a story. It represents the voice of an atmosphere, or historical setting of some kind.
See on www.business2community.com


A Framework for Building a Design Practice

See on Scoop.itDesign that matters

Don’t just do design, practice it.(RT @SaintSal: Got me thinking – A Framework for Building a Design Practice http://t.co/c5wK16afD4 /by @verneho cc @stueccles @agrun @founde…)…
See on medium.com


New Detailed Taxonomy Wheel for Teachers ~ Educational Technology and Mobile Learning

See on Scoop.itDigital Learning and Literacy

New Detailed Taxonomy Wheel for Teachers http://t.co/noesVJEieu #elearning #qr8-13
See on www.educatorstechnology.com


10 Things You Should Know About Design and Desi…

See on Scoop.itDigital Learning and Literacy

Design thinking is a process. There is no straight line from point A to point B.
See on www.scoop.it


Google Will Soon Launch Google Web Designer, A …

See on Scoop.itMedia – Traditional and Online Media

Google will soon launch Google Web Designer, an HTML5 development tool for “creative professionals.” The service, Google says, will launch within “the coming months” and is meant to “empower creati…
See on www.scoop.it


10 digital tools journalists can use to improve their reporting, storytelling | Poynter.

See on Scoop.itMedia – Traditional and Online Media
Create. Inform. Engage.| Journalism training, media news & how to’s (10 #digital tools journalists can use to improve their reporting, #storytelling (via @Pocket) http://t.co/D8Wzg7HvlD #journalism…
See on www.poynter.org


Interactive Screenshot Ads

See on Scoop.itInteraction Design & UX

Screenshot Ad – Advertising efforts in the automotive industry have typically been concerned only with design and slow motion visuals, but this interactive scree…
See on www.trendhunter.com




 template credits: scribblescratch.com